fbpx
 

Como aproveitar o crescimento do e-commerce para vender mais?

Como aproveitar o crescimento do e-commerce para vender mais?

A pandemia de Covid-19 obrigou as pessoas a ficarem em casa por longos períodos, assim como empresas do mundo todo a adotar o trabalho a distância ou fechar por algumas semanas. Isso fez o crescimento do e-commerce tomar novas proporções.

Inclusive, só no Brasil, 13% da população total comprou pela primeira vez na internet, o que significa que o comércio eletrônico cresceu exponencialmente não só aqui, como no mundo todo.

De acordo com a 42ª edição do Webshoppers, pesquisa da Ebit|Nielsen, o crescimento do e-commerce teve a maior alta em 20 anos, totalizando 47%.

Esses dados geraram pesquisas e relatórios ao redor do mundo, e também servem como oportunidade para negócios de diversos setores.

Por isso, no artigo de hoje iremos falar sobre como aproveitar esse interessante aumento das compras online para vender mais. Confira.

O crescimento do e-commerce em 2021

O e-commerce em 2021 continua em crescimento, e a tendência é continuar aumentando até mesmo depois da pandemia, pois empresas ao redor do planeta estão percebendo os benefícios em vender pela internet.

Apesar de ser necessário investir em tecnologia de ponta, logística e organização de estoque, essa expansão do comércio eletrônico mostra que apesar de desafios, ele traz facilidade, possibilidades e várias vantagens para pequenas, médias e grandes empresas.

No entanto, com o grande aumento das lojas online, é normal que a concorrência também fique acirrada. Por isso, promover atendimento de qualidade, facilidade no pagamento, dentre outros diferenciais, é essencial para sair na frente.

As previsões para 2021

Se os dados de 2020 já são promissores, a tendência é que 2021 mantenha a alta no e-commerce, é o que diz a Ebit|Nielsen, que projeta um aumento de 26% para este ano só no Brasil.

Estima-se que esse canal de vendas chegue a movimentar mais de R$ 110 bilhões, o que mostra a sua consolidação, de uma vez por todas, em um país que há poucos anos não estava acostumado a fazer compras pela internet.

A pandemia, tanto como a evolução nesse nicho, fez com que as empresas entendam que o comércio eletrônico é algo a ser levado a sério, assim como aproveitado para vender mais durante todo o ano, e não só na Black Friday, por exemplo, que é a época em que ele cresce.

A mudança no comportamento do consumidor 

O crescimento do e-commerce não se deve apenas à pandemia, mas também à mudança de comportamento do consumidor, que está mais aberto a utilizar as facilidades da internet. 

A Geração N é o mais novo perfil de consumidor, que surgiu em pleno isolamento social. 

São pessoas muito mais críticas em relação às empresas e soluções, assim como pesquisam mais, são informadas e heavy users de internet e redes sociais, sendo facilmente influenciadas por fatores emocionais.

Acredita-se que esse tipo de consumidor iria aparecer em algum momento, mas a pandemia acelerou esse processo.

Como aproveitar o crescimento do e-commerce para vender mais?

Para vender mais em um período de rápido crescimento do comércio virtual, é preciso estar na frente da concorrência, assim como ter uma ótima infraestrutura digital e de estoque. Entenda mais.

Ter processos rápidos 

Ao comprar pela internet, os consumidores querem facilidade, ou seja, processos rápidos, pouca burocracia, assim como objetividade.

Ao optar por um e-commerce, facilite todos os passos para fechar uma compra e acelere processos, para que os clientes em potencial não desistam da compra por causa de complicações dentro da plataforma.

Investir em segurança

Mesmo em uma era em que o comércio eletrônico está em alta, ainda existem muitas pessoas céticas em relação à segurança das lojas online e roubo de dados, como os de cartão de crédito.

Por isso, invista em segurança em seu site para que as pessoas possam comprar tranquilas e com respaldo.

Inclusive, isso não é só interessante para os clientes. O Google e outros buscadores levam muito a sério a experiência do usuário e a qualidade do site de modo geral. Ou seja, um site seguro também ficará melhor posicionado organicamente.

Criar conteúdo relevante 

Atualmente, antes de fazer uma compra, os consumidores fazem muitas pesquisas, em buscadores como o Google, redes sociais e até mesmo em sites de reclamações.

Por isso, é imprescindível produzir conteúdos de qualidade, falando dos produtos, da empresa em si, assim como informe sobre políticas de compra, troca, dentre outros.

Quanto mais informação, melhor será para os compradores em potencial, pois ficarão confiantes e sem nenhuma dúvida em relação à credibilidade de seu produto ou negócio,

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o panorama do e-commerce em 2021, que tal aproveitar para aumentar as suas vendas digitais?

Entre em contato para que possamos traçar a melhor estratégia para você aumentar seus resultados.

Lucas Bragagnolo

Formado em Administração, com ênfase em Empreendedorismo e Inovação pela FSG, especialista em Gestão Empresarial, Gestão de Marcas, Marketing Digital, Inbound Marketing, Comportamento e Liderança Pessoal.

Sem comentários

Deixe um comentário