fbpx
 

4 maneiras de se tornar relevante com conteúdo de valor

4 maneiras de se tornar relevante com conteúdo de valor

4 maneiras de se tornar relevante com conteúdo de valor

Encontrar respostas para o que buscamos nunca foi tão fácil. No meio digital, o conteúdo está na palma da mão a qualquer instante.

Porém não é em qualquer lugar que encontramos uma informação valiosa, concorda?

No marketing digital, fornecer um conteúdo de valor é o que vai trazer resultados para o seu negócio.

Quer descobrir como se tornar relevante com conteúdo de valor? Leia esse artigo até o final!

Leia também:
Storytelling: 7 marcas que usam o poder da narração para vender mais

Mas como se tornar relevante com conteúdo de valor?

De forma resumida, o Marketing de Conteúdo tem o propósito de criar um relacionamento com seu público-alvo e fidelizar o cliente por meio da geração de conteúdo de valor.

Com isso, você atrai e envolve as pessoas, gerando uma percepção positiva da sua marca. A consequência disso? Mais negócios e resultados favoráveis para sua empresa!

Existem alguns aspectos bem importantes que devemos considerar na hora de produzir um conteúdo de valor. Veja quais são eles a seguir!

1. Conheça seu público

O foco do conteúdo está em ajudar o seu público entregando uma informação que seja relevante para ele.

Produzir um conteúdo que você acha que tem que criar ou que te agrada não vai funcionar. 

Primeiramente, é necessário conhecer o seu público para depois descobrir o que ele precisa e então criar conteúdo de valor que o ajude a resolver seus problemas e vencer os desafios que está enfrentando.

Procure por novidades no seu segmento, incentive, eduque o seu público. Apresente ideias, novas ferramentas e soluções para o que ele procura.

Conhecer seu público também vai te ajudar a encontrar o formato de conteúdo que mais se adapta ao estilo do seu cliente.

Vale lembrar que quando falamos em conteúdo de valor, não nos referimos apenas a blog posts, por exemplo.

Se seu cliente odeia ler, você vai investir tempo produzindo artigos? Gravar vídeos seria o mais recomendado.

Já se seu público passa horas e horas no trânsito, um podcast cairia super bem, não acha?

2. O conteúdo precisa ser parte de toda uma experiência 

Ter um bom conteúdo não é garantia de nada. A maioria – senão todos – dos seus concorrentes têm conteúdo.

Com informação sobre praticamente tudo na internet, o grande diferencial vai ser o valor que você gera.

O seu conteúdo – sejam os textos do seu site, landing pages, posts no blog, e-mails, redes sociais, entre outros – precisa ser parte de uma experiência inesquecível.

Isso é muito mais fácil quando sua marca possui um propósito – mas calma, falaremos mais sobre isso adiante.

Você precisa entregar relevância com um conteúdo de valor que impacte quem o consome.

Certamente seu público vai consumir um conteúdo com o qual se identifique.

3. Crie conexões com as pessoas

O que você defende enquanto marca e empresa é o que guiará seu posicionamento para suas ações como negócio e também para o marketing.

Uma estratégia de conteúdo deve priorizar a conexão com as pessoas.

Muitas vezes focamos em resultados rápidos e esquecemos desse princípio tão importante.

Quando resumimos tudo a relações humanas, as pessoas vão continuar a ter acesso a conteúdo de valor.

4. O conteúdo sempre vai ser extremamente importante

Sabemos que construir uma marca com propósito exige muito mais trabalho do que simplesmente começar um negócio sem o devido planejamento.

Mas, como já mencionamos anteriormente, o posicionamento da sua marca é o norte para ações de marketing e, consequentemente, para produzir conteúdo de valor.

Se você investe tempo para construir uma marca autêntica, as pessoas vão ouvir falar sobre ela. E vão procurar pelo seu negócio.

Certamente as empresas que estão dispostas a fazer esse trabalho serão as que vão se destacar em uma estratégia de marketing digital.

Aproveite as dicas desse artigo para se tornar relevante com conteúdo de valor!

Quer saber mais sobre a produção de conteúdo? Confira nosso infográfico com os tipos de conteúdo que você pode usar online.

12 tipos de conteúdo

Lucas Bragagnolo

Formado em Administração, com ênfase em Empreendedorismo e Inovação pela FSG, especialista em Gestão Empresarial, Gestão de Marcas, Marketing Digital, Inbound Marketing, Comportamento e Liderança Pessoal.

Sem comentários

Deixe um comentário