Marketing digital: 7 dicas para ter mais resultados

Marketing digital: 7 dicas para ter mais resultados

Marketing digital: 7 dicas para ter mais resultados

Uma boa estratégia de marketing digital faz toda a diferença para conseguir mais clientes, fidelizar os que já existem e ter mais resultados. Mesmo assim, ainda existem marcas e negócios investindo em canais pouco segmentados, que atingem um público amplo, sem muitas especificações e difíceis de mensurar. Será que realmente vale a pena?

O marketing digital é o marketing do futuro e deve ser o centro de qualquer estratégia. Para te provar isso, separamos alguns motivos que fazem essa modalidade tão vantajosa. Como você verá, através do seu uso é possível aumentar conversões, compras e ainda influenciar muito mais o público-alvo.

1. Defina bem seu público

Quem trabalha com marketing tradicional acaba atingindo um público muito variado sem a possibilidade de discriminar. Imagine um anúncio no rádio, qualquer ouvinte naquele horário acabará ouvindo o anúncio. É impossível determinar uma faixa etária, gênero ou interesses do público.

Por causa dessa ampla audiência, o marketing tradicional tem uma conversão razoavelmente mais baixa que sua contraparte digital. Quem trabalha com marketing online deve aproveitar as possibilidades de definir seu público para alcançar mais conversões. Um público mais segmentado significa a possibilidade de atingir só os possíveis compradores e ter mais resultados.

Digamos que sua marca é direcionada a pessoas de 20 a 40 anos, homens que praticam esportes radicais. Uma boa campanha de marketing digital seria direcionada exatamente para essas pessoas, sem atingir alguém que nada tem a ver com o produto.

Ou seja, nada de propagandas irritantes que não tem a ver com seu público. Uma boa estratégia de marketing digital vai direto ao ponto e ajuda a vender por causa disso.

2. Aproveite estratégias orgânicas para baixar o valor da campanha

Algumas pequenas empresas ou empreendedores individuais simplesmente deixam de investir em marketing porque é caro. Na verdade, quem comete esse grande erro ainda não conhece bem o marketing digital direito. Estratégias de marketing digital são muito mais baratas e existem até ferramentas gratuitas para divulgar uma marca.

A maioria das estratégias gratuitas do marketing digital envolvem atrair tráfego orgânico para seu site ou rede social. Isso significa conseguir visualizações sem precisar pagar por isso. Utilizar visualizações e tráfego orgânico é ótimo para quem deseja baratear suas campanhas de marketing.

Muitas vezes, combinando estratégias orgânicas e pagas é possível conseguir contatos ou vendas por poucos reais. Com a estratégia correta dá para economizar muito e fechar bons negócios ao mesmo tempo.

As estratégias orgânicas que mencionamos neste tópico não exigem qualquer investimento. Entre elas você pode usar ferramentas poderosas, como o SEO. Através de otimizações no site e conteúdo, é possível deixar o site bem posicionado no Google. Sabe o que isso significa? Que toda vez que alguém pesquisar palavras-chave relacionadas ao seu negócio você estará lá. Só precisa do conhecimento correto e um pouco de paciência para conseguir resultados.

3. Escolha as métricas corretas

Sabia que métricas são parte essencial de uma boa estratégia de marketing? Através dessas informações é possível descobrir o que está funcionando, o que está dando certo e como melhorar. Porém, nem todo tipo de marketing consegue informações confiáveis para trabalhar.

Voltando ao exemplo do rádio, há como definir qual é a porcentagem do número de ouvintes do anúncio que se tornou um lead? Certamente não. O mais próximo que conseguimos é saber quantas vendas foram feitas por causa do anúncio.

As métricas do marketing digital são muito mais ricas e, o melhor de tudo, em tempo real. O Google Analytics, por exemplo, oferece mais de 75 relatórios que podem ser alterados para gerar ainda mais informes.

O mesmo acontece com outras plataformas e ferramentas de marketing digital, que apresentam informações extremamente detalhadas. Elas auxiliam a compreender resultados, desempenho de campanhas em tempo real e até quantidade de leads adquiridos através de cada estratégia.

4. Observe os resultados corretamente

De nada adianta ter várias informações se é impossível determinar quais foram os resultados da estratégia. Isso certamente não acontece com quem trabalha com marketing digital. Suas estratégias trazem resultados claros e rápidos.

Para um exemplo prático basta ver as possibilidades que o Google Adwords dá para quem faz anúncios. Existe até uma maneira de saber quantas pessoas ligaram para o número que estava no ad. Os resultados de campanhas feitas usando as redes sociais são claros porque cada informação mostra de onde eles vieram.

Se a campanha foi fracassada, também dá para saber onde falhou. Usando ferramentas de e-mail marketing, por exemplo, percebe-se as partes com mais clicks no e-mail. Ou seja, talvez o público só tenha aberto para se descadastrar ou abriu sem clicar no CTA. Isso mostra quais partes precisam de um trabalho melhor e fornece orientações para a próxima campanha.

5. Acompanhe os concorrentes

Uma das melhores maneiras de manter-se no mercado é acompanhando as ações do seu concorrente. Assim como você, ele está investindo em estratégias de marketing para alcançar o público e convencê-lo que é a melhor opção de compra.  

Felizmente, não existe mais a necessidade de ficar observando cada peça publicitária que outras marcas postam. As plataformas de marketing digital oferecem maneiras fáceis de acompanhar seus movimentos. O Facebook, por exemplo, mostra no Facebook Business Manager o crescimento das páginas de empresas concorrentes.

É uma maneira simples, fácil e rápida de ver se existe algum risco vindo da outra marca ou tendência para acompanhar. Um crescimento rápido pode indicar uma nova campanha paga ou um post viral. Fique atento para não perder oportunidades dentro do seu negócio.

6. Trabalhe com todos os estágios do funil de compra

No marketing digital a compra é dividida em um funil que vai desde o período de consciência até conversão. Uma boa estratégia é capaz de influenciar o comprador desde quando ele descobre sua necessidade. Por isso, seus conteúdos devem focar em todos os estágios do funil.

Muitas marcas cometem um erro grave ao criar conteúdos somente para os estágios iniciais. Isso faz com que possíveis clientes que se encontram em outros estágios de decisão não sejam tão influenciados. Porém, ao trabalhar com marketing digital você precisa influenciar o cliente em cada etapa para ter mais resultados.

A marca torna-se parte da experiência do consumidor e aumenta sua tendência de se tornar um cliente fiel. Todas as estratégias de marketing digital envolvem a ideia de que o consumidor deve se tornar um divulgador da marca. Ou seja, além de convencê-lo a comprar ele pode recomendar para seus colegas, amigos e família.

7. Trabalhe em tempo real

Na sociedade atual, quanto mais rápido for a resposta para algo, melhor. A maioria das pessoas fica incomodada quando demora para receber uma resposta ou é ignorada. As plataformas de marketing digital permitem respostas na hora ou até automáticas para o cliente, que passa a se sentir valorizado.

Investir em marketing digital atualmente é necessário para qualquer marca que deseja crescer e ter mais resultados. Ele possui diversas vantagens e ainda pode ter suas campanhas e estratégias monitoradas bem de perto. Isso significa que há muitas oportunidades para crescer e se destacar no mercado usando um marketing acessível.

12 tipos de conteúdo

Patrícia Hörmann

Formada em Marketing pela UCS, especialista em Marketing Digital, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo (Hubspot, Resultados Digitas, ESPM e Rock Content). Atua com ênfase em estratégia e análise de dados (analytics).

Sem comentários

Deixe um comentário