Persona: o que é e como criar uma

Persona: o que é e como criar uma

Persona: o que é e como criar uma

Dentro do Marketing Digital, definir quem você deseja atingir é fundamental para que os resultados aconteçam alinhados com os seus objetivos e expectativas. E um dos principais conceitos para conseguir aplicar isso na prática é o de Persona.

A definição da Persona é uma das partes mais essenciais de qualquer estratégia de Marketing Digital, principalmente para a parte de produção de conteúdo. Quer entender mais sobre o tema? Então confira aqui tudo que preparamos sobre o que realmente é a Persona e por que devemos criá-la.

Persona não é público-alvo

De cara vamos te dar uma definição que ilustra bem o que é uma Persona:

Persona é a representação do consumidor ideal de cada negócio, criada através de dados para formar um personagem fictício.

Sabendo disso, atente para esse detalhe: criada através de dados. No Marketing Digital, você não pode supor nada. Tudo é medido e contabilizado. É preciso realizar pesquisas, ter números estatísticos e levantamento sobre o comportamento e as características dos seus clientes atuais para enfim criar o seu consumidor ideal.

Uma dúvida que muitos ficam quando chegam até essa definição pela primeira vez é a seguinte: Ah, então quer dizer que a Persona na verdade é a mesma coisa que o público-alvo?

E a resposta para isso é não! No mercado de marketing tradicional, o conceito de público-alvo funciona bem. Por exemplo, para uma empresa de cosméticos que deseja criar uma campanha do seu novo produto, um público-alvo seria:

  • Mulheres de 18 a 35 anos;
  • Com renda de 4 até 10 salários mínimos na família;
  • Já consomem produtos de beleza;
  • Moram nas capitais brasileiras.

Percebe como essas informações são genéricas? Esses dados não se referem a uma única pessoa. É um conjunto de várias delas que podem ser atingidas com uma campanha tradicional. Mas no Marketing Digital, com a infinidade de informação que existe para se encontrar na internet, é preciso ir muito mais além.

Se a empresa de cosméticos imaginasse entrar no cenário digital para fazer uma campanha, a Persona seria mais ou menos assim:

  • Nome: Fabiana;
  • Idade: 29 anos;
  • Salário: R$ 4.850,00;
  • Local de trabalho: Defesa & Ordem (escritório de advocacia);
  • Mídias que utiliza: blogs de notícias jornalísticas, blogs sobre política, sites de vendas de cosméticos e redes sociais de referências na área de maquiagem;
  • Objetivos: Manter sua pele sempre com aparência limpa e jovial para que possa atender seus clientes passando uma imagem séria, elegante e profissional o tempo todo;
  • Desafios: encontrar produtos que se adequem ao seu gosto em relação ao cheiro e textura, mas que não deixem marcas na pele.

Viu só a diferença? Com um público-alvo você será sempre generalista, levando em conta ainda um número grande de pessoas. Quando se usa uma Persona, é possível falar diretamente com quem está buscando por aquilo que pode oferecer.

É preciso levantar esses dados para ter todos os benefícios que uma Persona pode trazer para o negócio.

Mas por que devemos fazer isso para o meio digital? É isso que você vai descobrir agora.

Por que devemos definir uma Persona?

Definir uma Persona para o seu negócio deve ser um dos pilares para ter como retorno 4  benefícios principais:

  1. Criar conteúdos melhores;
  2. Não perder tempo;
  3. Saber quais canais de comunicação usar;
  4. Converter mais pessoas.

Pare para pensar um pouco. Existe uma empresa que fabrica máquinas utilizadas por agricultores para colher suas plantações cada vez mais rápido.

Você acredita que criar uma propaganda desse negócio para passar na TV é a melhor forma de atrair um público interessado naqueles produtos? Colocar um comercial dessa empresa bem no meio do Jornal Nacional vai gerar muitas vendas?

A verdade é que não! E você vai entender o motivo.

É que um dos pontos para fracassar na comunicação da sua marca é querer atingir todos de uma vez. Um executivo da área financeira que assistir a propaganda da empresa de máquinas não vai se interessar por aquele produto. Uma dona de casa também não.

Então você consegue perceber o número de pessoas que vão receber a informação da fabricante de máquinas para agricultura mas que não possuem chance nenhuma de se interessar ou entrar em contato para realizar uma compra? Esse público nunca vai virar seu cliente.

Mas sim, existem agricultores em vários lugares do país que precisam dessas máquinas o quanto antes para alavancarem suas produções. Existe um grande números de pessoas que se interessaram pela oferta que apareceu na TV. Mas vale a pena “gritar para todo mundo” sabendo que poucos dos seus possíveis clientes serão atingidos?

Entregue a mensagem só para quem precisa recebê-la

E que tal se a mensagem fosse focada somente para aqueles que estão precisando da sua empresa para atingir algum resultado? Se você está partindo em busca de alavancar seu negócio usando o marketing digital, isso significa que quer atrair o público certo, interessado nos seus produtos ou serviços.

Quando sua equipe de marketing tenta fazer um conteúdo bom para todo mundo, seja um texto, seja um eBook ou um vídeo por exemplo, você acaba tendo como resultado algo muito mediano e raso. Qual linguagem usar? Qual ponto principal aquele conteúdo deve focar? Difícil saber se cada pessoa tem um jeito diferente de ver as coisas e você quer atingir todos da mesma forma.

Então percebe que criar uma persona, de acordo com a estrutura que citamos antes, levantando seus interesses, suas dores e seus objetivos, faz você ganhar pelo menos todos esses 4 benefícios?

Você vai economizar tempo porque vai estar ciente de quem é a pessoa que vai receber a mensagem. Vai fazer conteúdos melhores porque vão estar focados em quem realmente interessa. Vai converter mais porque são as pessoas que precisam dos seus serviços que chegam até você. E vai escolher os canais mais eficientes por saber o que cada um usa para buscar as informações.

Criando a persona do seu negócio na prática

É importante ter em mãos uma série de dados que vão ajudar na hora de definir a Persona certa do seu negócio. E como vimos antes, uma Persona na verdade é uma ficha com informações essenciais para seu planejamento de conteúdo.

Veja quais são as informações essenciais que precisa ter para criar um perfil de Persona com qualidade:

  • Nome;
  • Foto;
  • Dados pessoais;
  • Dados profissionais e de escolaridade;
  • Mídias que utiliza;
  • Quais os desafios do dia a dia;
  • Quais os seus objetivos;
  • Como sua empresa pode ajudá-lo.

Para deixar mais fácil de entender, vamos criar uma persona para o exemplo que usamos da empresa que produz máquinas para o agronegócio. Para isso, vamos utilizar uma ferramenta online chamada Gerador de Personas que ajuda a colocar todos esses dados e no fim nos entrega a ficha da nossa persona: Veja só como ficou:

Persona: o que é e como criar uma

Exemplo de Persona criado no site Gerador de Personas

Lembre-se que quanto mais específico você for na hora de criar sua Persona, maior o leque de possibilidades de conteúdo que poderá criar para atingi-la em situações diferentes e em estágios diferentes do funil de vendas.

Percebeu como definir a Persona de cada negócio é importante? Está preparado para criar a sua e produzir conteúdos de qualidade que vão atrair novos clientes? Então deixe seu comentário abaixo que lhe ajudaremos a conhecer melhor seu negócio e sua persona. 

Pâmela Pelizzaro

Formada em Comunicação Social – habilitação em Jornalismo pela UCS, especialista em criação de conteúdo para diferentes plataformas, também tem formação em Social Media pela Petit Escola de Mídias Sociais.

Sem comentários

Deixe um comentário