7 práticas definitivas para traçar metas que funcionam para o seu negócio

7 práticas definitivas para traçar metas

7 práticas definitivas para traçar metas que funcionam para o seu negócio

Hamsters. Aqueles bichinhos peludinhos que parecem ratos mas não são. Conhece?

Imagine um deles em uma gaiola, correndo sem parar, mas sem sair do lugar.

É assim que me senti muitas vezes em relação a minha empresa e ao meu time.

Muito esforço, trabalho demais, mas sem sair do lugar.

Você alguma vez já se sentiu assim?

Uma vez fui questionada sobre o que era melhor para minha empresa: varar noites a fio e trabalhar por horas ou entregar resultados?

Gerar resultados, com toda certeza, foi a minha resposta.

O início do ano é uma época propícia para avaliar os resultados do seu negócio, além de estabelecer novos objetivos.

Quer saber como traçar metas que funcionam para o seu negócio em 2018? Então confira agora!

O que são objetivos e metas?

Antes de tudo vamos definir o que é objetivo e o que é meta.

Objetivo é a descrição daquilo que você quer alcançar. Meta é a quantificação de um objetivo.

Para explicar melhor, eu tenho um exemplo:

Meu objetivo de negócio é gerar leads para vendas.

O resultado será, consequentemente, o número de oportunidades que vou gerar para que a equipe de vendas consiga prospectar e vender.

Portanto, minha meta deve ser baseada em quantificação utilizando os dados do meu cenário atual.

Supondo que fiz uma análise do meu cenário atual e alguns cálculos de faturamento desejado, obtendo a seguinte meta aliada ao meu objetivo de gerar leads para vendas:

  • Gerar 50 leads para vendas por mês em 2018.

Aqui eu tenho um objetivo quantificado com métrica e prazo definidos.

7 práticas definitivas para traçar metas

Mais do que traçar metas propriamente, é preciso que o empreendedor tenha consciência de que planejamento e disciplina são fundamentais durante o processo.

1) Defina seus objetivos

Quais são seus sonhos? O que você quer conquistar profissionalmente? Onde espera que sua empresa chegue?

Responder a estas perguntas ajudará você a entender o que realmente deseja para sua empresa.

Lembre-se que para um objetivo ser alcançado ele demandará muita dedicação e esforço das partes envolvidas.

Cuide também para não definir muitos objetivos. Foco é o segredo para traçar metas que funcionem de forma efetiva.

Caso você tenha muitos objetivos, priorize os mais importantes ou o que deseja atingir primeiro.

2) Transforme seus objetivos em metas claras

Para que suas metas se tornem executáveis é importante ter clareza antes de qualquer coisa.

Entender seus objetivos e por que devem ser realizados é o começo para traçar metas que funcionem.

Além de ter metas claras, elas devem ser quantificáveis e alcançáveis. Portanto, defina um valor e um prazo para cumpri-las.

Apenas tome cuidado para que tais metas sejam realistas e possíveis de serem executadas.

Conheça a metodologia SMART

Quantas vezes definimos metas apenas para dizer que temos um planejamento?

Para isso é preciso construir metas de forma inteligente, possíveis de serem cumpridas, utilizando o método SMART.

Esta técnica é comumente usada considerando cinco atributos que juntos formam a abreviação SMART:

  • Específico (Specific)
  • Mensurável (Measurable)
  • Alcançável (Achievable)
  • Relevante (Relevant)
  • Prazo (Time)
S (Específico)

Analisando sua meta ou objetivo você consegue vê-lo de forma nítida? Uma meta precisa ser específica e facilmente entendida por todos. Ter clareza é o primeiro passo. O segundo é responder com mais detalhes possíveis a pergunta: o que exatamente você quer conquistar?”

M (Mensurável)

Como você vai medir quando a meta estabelecida foi cumprida se você não determinou um “limite mensurável” para ela? Neste caso é importante saber quais serão as métricas e de que forma você vai medir o alcance da sua meta.

É exatamente assim que você deve pensar: para que seu objetivo seja realizável, é necessário que ele possa ser medido. Desta forma, você vai exercitando sua capacidade de realizar seus objetivos com mais prática.

A (Alcançável)

De nada adianta construir uma meta que não pode ser atingida. Os efeitos de uma meta inalcançável serão desmotivação e frustração.

Geralmente é neste momento que as pessoas desistem de seus objetivos. Então, cuidado para começar com metas que estão dentro da sua realidade.

R (Relevante)

Uma meta relevante deve impactar positivamente na sua vida. Por isso, olhe para as coisas importantes para você, para sua empresa e tente vincular isso a seus objetivos.

Tanto na vida pessoal quanto nos negócios, o importante é determinar objetivos que de alguma forma se liguem aos seus propósitos.

Pense um pouco nisso, verifique se o seu objetivo faz parte de sua realização pessoal e profissional.

P (Prazo)

Ao colocar um prazo na sua meta você se compromete a realizá-la mais determinadamente. Quando colocamos um prazo em nosso objetivo, estamos dizendo a nós mesmos que queremos que este objetivo seja realizado até determinada data ou acontecimento.

Sem prazo, dificilmente você lembrará de cumprir uma meta e ela poderá ser ignorada com o tempo. Ao contrário disto, se você coloca um prazo razoável,terá uma referência psicológica.

3) Mantenha suas metas visíveis

Conhecendo seus objetivos e definindo suas metas de forma clara, agora é hora de externalizá-los.

É fundamental começar a escrever ou documentar suas metas para o próximo ano e quais objetivos estão vinculados a elas.

Isso ajudará você e sua equipe a colocar as ações em um panorama prático a fim de gerar o compromisso de revisita-las, sem perder de vista objetivos e metas.

4) Divida seus objetivos e metas em ações

Utilizando metodologias de gestão e planejamento, agora é o momento de criar um plano de ação.

Grandes objetivos podem parecer impossíveis de alcançar e normalmente é neste momento que as pessoas interrompem suas ações permanecendo em estado de inércia.

É aí que mora o perigo! A equipe se frustra e se questiona: “por que estas metas existem se não serão cumpridas?”.

Para solucionar este problema quebre tarefas grandiosas e amplas em ações mais simples de serem executadas.

Quando menos perceber você e sua equipe estarão próximas do destino final.

5) Alinhe o plano de ações com a sua equipe

As pessoas que trabalham em sua empresa só poderão contribuir com o sucesso do negócio se souberem onde e como chegar até ele.

Dificilmente uma meta estabelecida para uma empresa será atingida por uma única pessoa.

Logo, é fundamental que seu time tenha consciência das metas traçadas.

Dependendo de quanto você dá autonomia para seus funcionários, traçar metas em conjunto com eles pode promover maior engajamento dentro da empresa.

Assim, sua equipe terá a clareza da importância em participar do coletivo motivando-se a fazer o seu melhor.

6) Comece a agir

O planejamento precisa acontecer e as ações precisam sair do papel.

Fazer isso é uma das principais dificuldades das empresas, mesmo tendo um plano de ações definido, com prazos e cronogramas.

Só existe uma alternativa para isso e ela se chama “execução”.

Esta é a fase onde as atividades serão colocadas em prática.

7) Acompanhe seu progresso

Acompanhe cada novo progresso do seu planejamento.

Revise, retome, relembre, analise!

Empresas com condições financeiras mais favoráveis costumam delegar a alguém da equipe a função de monitorar cronogramas e o status das ações.

Mas em alguns casos basta conhecer metodologias simples de controle. Não precisam ser criadas planilhas imensas e muito elaboradas.

São necessárias apenas formas simples de controle de acordo com a cultura da sua empresa.

É importante monitorar com frequência as coisas que estão acontecendo ou não conforme o que cada um se propôs a desenvolver em prol do objetivo coletivo.

Tenho certeza de que você não quer que sua empresa seja composta por “hamsters”, como comentei lá no início.

A falta de planejamento pode ser a causa do porque muitas empresas não conseguem traçar metas e ações para alcançar seus objetivos.

Gostou? Agora que você sabe como traçar metas que funcionem na sua empresa, que tal começar o seu plano de ações? Espero ter ajudado você a aplicar este método simples para cumprimento de metas e resultados na sua empresa.

Patrícia Hörmann

Formada em Marketing pela UCS, especialista em Marketing Digital, Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo (Hubspot, Resultados Digitas, ESPM e Rock Content). Atua com ênfase em estratégia e análise de dados (analytics).

Sem comentários

Deixe um comentário